sábado, 3 de abril de 2010

A sociologia, um estádio de futebol e eu!

Por Débora Beraldo




Do futebol nada sei, tive minha primeira experiência no estádio, embora insista em explicitar como arena, mas como Clarice (Lispector) me ensinou em um de seus textos “é bom reter o drama como as rédeas de um cavalo, porque minha tendência é ao excessivo”.

Pois bem, explico: Num país chamado Brasil, confesso envergonhada que fora as vezes que assisti por televisão, só assisti a um jogo de futebol na vida, de corpo presente, e foi ontem. Diante aquele mundaréu de pessoas, estava lá eu, sem torcer para time algum, com a assumida ignorância sobre o futebol, mas envolta aos diálogos sobre Pierre, Robert, Marcos e todos os outros que se apresentavam em campo, inclusive o juiz e a coitada da mãe dele –que mesmo longe aparecia sempre presente, em qualquer cobrança ou a negação de cobrança da falta.

O jogo era Palmeiras e ... um time do Belém. Quem me levara continha toda a paciência para explicar-me algumas das regras básicas sobre o jogo, ainda que não despregasse os olhos do campo, como eu, a diferença é que ele entedia tudo. Ainda que curiosa, me controlei para não perguntar mais do que o necessário para não atrapalhar o espetáculo, que de fato, nada tem de balé, mas insisto é uma luta voraz de corpos sobre a posse da bola, com o único objetivo, desbancar a defesa com passes rápidos e objetivos e assim marcar o gol. Aliás, quando o gol saiu, mudara todo o cenário dos espectadores, que até então estava desolado e ‘reclamão’. Enquanto a arena apreendia os olhos de todos aqueles torcedores, em sua maioria homens, porque isso é interessante, existem mulheres, mas é como se elas estivessem seguindo seus homens, como numa guerra, no que eles acreditam. As crianças, na maioria uniformizadas, já na metade do primeiro tempo se perdiam em brincadeiras entre elas e só delas, nem se importando no que acontecera lá em baixo na arena.

Enquanto a luta em campo acontecia, na torcida os palpites e certezas dos torcedores, sempre era discordante do fato real, o jogo em si. Uns opinavam na troca dos jogadores, outros das penas sancionadas, outros apenas repetiam os hinos que evidenciam a paixão sobre o time. Por falar em paixão, essa é a única que desde o início é fácil perceber num jogo de futebol. Lá, naquela arena o ponto motivador é entender a paixão. Por mais que haja desacordos, a paixão existe e une todos num coro forte, uniforme e envolvente. Uns tem a paixão trazida pela nostálgica companhia do pai, outros pela experiência de vencedor, mas todos, sem exceção não se distanciam da paixão arrebatadora.

Nesse envolto de emoções, a sociologia, quiçá a psicologia, está presente, mas tais como ciência, aquela que explica as relações precisa de mais observação para uma análise séria sobre o assunto. O resultado foi 1x0 para o time da casa, e para o futebol que me provou ao menos naquela experiência que sem emoção não se pode viver.

Com a ignorância sobre o assunto, só me atrevo a dizer, é um mundo espetacular impossível de não se envolver, ainda mais num país adjetivado futebol.

 
 
 
P.S.:Excetuando o vídeo que eu coloquei para ilustrar a matéria, não mexi uma só vírgula do texto original escrito por uma mulher que não é do mundo do futebol, mas enxerga muito bem a força cultural que esse esporte tem no Brasil. Vale apenas observar que a diversidade humana permite que um produtor cultural (ainda que do meio musical) diga que futebol não representa em nada a nossa cultura. 




É apenas o que eu e a Débora achamos...

23 comentários:

  1. Nunca tive essa experiência de ver um jogo no estádio, quero muito ver um jogo "ao vivo"!!! Sentir a emoção da torcida ao meu redor, não somente um mero som saindo da tv....
    E quem sabe um jogão do Verdão, hein?!?!
    Que honra!!!! já pensou?!? :P
    Noção de futebol, de algumas regras e tal, acredito que tenha...dos tempos que jogava futebol quando pequena na escola (Bons tempos...)...
    Mas não me pergunte sobre campeonatos, quem joga com quem...boiarei muuuito no assunto...
    No País do futebol acredito que sei o básico, do básico...
    Não estou tão por fora assim...será?!?!
    ;)

    ResponderExcluir
  2. a maior ? não.
    a mais apaixonada? sim.

    Sociedade Esportiva Palmeiras (L)

    ResponderExcluir
  3. Sociedade Esportiva, minha vida é Palmeiras ♥

    ResponderExcluir
  4. Palmeiras!

    MINHA VIDA È VC!


    Paixão Sem Explicação!

    ResponderExcluir
  5. Palmeiras minha vida é você ♥

    ResponderExcluir
  6. O Palmeiras é assim... Uma paixão inexplicável.. A mesma torcida que xinga, apóia qualquer um que esteja com a camisa desseclube de tantas glórias, em campo... FORZA PALESTRA, VOCÊ É TRADIÇÃO.. FORZA PALESTRA, VOCÊ VAI SER CAMPEÃO!

    ResponderExcluir
  7. Lindo texto!
    Palmeiras minha vida é você!

    ResponderExcluir
  8. a torçida mais apaixonada a do verdao amor sem limites

    ResponderExcluir
  9. MUITO BOM
    Sociedade Esportiva Palmeiras (L)

    ResponderExcluir
  10. Um amor inexplicavel, essa torcida é a mais apaixonada que existe, se na vitoria é facil torcer nos mostramos que na derrota tambem se torce e ainda mais, para que esse time ver quanto somos apaixonados e vestirem a camisa deste lindo clube!

    Sociedade Esportiva Palmeiras, és uma paixão sem limites.

    ResponderExcluir
  11. "Explica a emoção de ser palmeirense a um palmeirense é simplismente desnecessário, e a quem não é palmeirense, é impossível"
    Mauro Betting

    ResponderExcluir
  12. nem melhor...
    nem pior...

    apenas diferente
    Explicar a emoção ser palmeirense a um palmeirense é completamente desnecessário e a quem naum eh palmeirense eh simplemente impossivel...

    Eeee Palmeiras minha vida eh voceee!

    ResponderExcluir
  13. como Dionisio eu digo; Simplesmente Emoção..
    essa é a Razão da Existencia do ser Humano.

    e Por essa razão tambem movemos e vivemos pela eterna:

    SOCIEDADE ESPORTIVA PALMEIRAS.

    Parabens Belo texto, e tomara que voce volte na nossa Arena outras vezes ja que aparentemente é pé quente..hehe

    ResponderExcluir
  14. - Do verde ii branco nasce a força qi rege a miinha paixão ♥

    Sociedade Esportiva Palmeiras (L)

    ResponderExcluir
  15. Parabéns pelo texto...
    E ve se começa a torcer pelo VErdao A partir de agora rs...

    PALMEIRAS TE AMO ♥

    ResponderExcluir
  16. Belo texto.

    Jogo do verdão no palestra é assim, emoção do começo ao fim. A nossa torcida é apaixonada demais.

    Sociedade Esportiva Palmeiras.

    ResponderExcluir
  17. Palmeiras minha vida é Você!

    sem mais,

    ResponderExcluir
  18. Lindo Texto..Parabens

    Palmeiras Amor Eterno .

    ResponderExcluir
  19. Palmeiras minha vida é Você!

    ResponderExcluir
  20. Palmeiras minha vida é você!

    ResponderExcluir
  21. so errou na parte q fala q as mulheres estao seguindo seus homens
    nao tive ate hj nenhum namorado palmeirense
    e sempre estou no palestra torcendo pelo meu adorado timee

    ResponderExcluir
  22. Renata, falei isso para ela. Gostaria de encontrar algumas para ilustrar isso para ela e de repente fazermos uma reportagem sobre as mulheres torcedoras...

    ResponderExcluir
  23. Você ainda continua escrevendo lindamente ...
    e eu a cada dia menos sagaz

    ResponderExcluir