sábado, 5 de junho de 2010

Considerações


Em primeiro lugar, "Caleidoscópio" não acabou. Apenas intercalando outras coisas. Em segundo, não esqueci a tal série sobre viver de arte. Essa será ainda mais espaçada, mas com as pessoas que conversei que devem colaborar nessa saga, a constatação que andam de braços dados com crises de existência e coisas do tipo e foi-se o tempo em que dizia-se que se morasse no exterior estava bem financeiramente...

Conversava dia desses com o grande músico Maurício Fleury que dizia que mesmo em Nova York, um amigo seu tem tido dificuldade. Erwan Pottier, músico francês radicado no Brasil, disse que a maioria dos grandes pianistas de lá são médicos, afinal precisam ganhar dinheiro. Parece que todo momento o mundo cultural sofre uma baixa com uma casa que fechou, com um produtor cultural que desistiu de lutar, um artista que resolveu ter um trabalho estável. Infelizmente quando estou dando aula, sinto-me na obrigação de falar aos jovens estudantes o quão complexo pode ser viver de arte.

Em terceiro lugar, quando crio um conto ou poesia aqui publicado, nada tem haver com minha vida pessoal. Ficção apenas, mas nesse caso de hoje, essa postagem nada tem de fantasia. Hoje estou sim chorando as pitangas de uma profissão completamente surreal que me desanima por vezes.

Para finalizar, questiono-me: Se o que eu acho é apenas o que eu acho, o que seria o que os outro acham para elas mesmas?



3 comentários:

  1. Acho que agora entendi sobre as postagens, porque em alguns momentos me pego confusa entre realidade e ficção... Uma vez um amigo me falou que, só se vai fazer o que gosta de verdade, já na velhice, que é quando já se ganhou dinheiro pra levar adiante a vida, e quando jovem é preciso trabalhar pra ganhar dinheiro pra sobreviver, pois infelizmente somos escravos dele!!! De certa forma até concordo e de outra não, porque felizmente existem pessoas que tem a sorte de serem reconhecidas, que é exatamente isso o que lhes faltam, e trabalharem com o que gostam e ainda por cima ganhando uma boa grana!!! E assim é principalmente no mundo da arte...

    ResponderExcluir
  2. Respondendo o questionamento..
    O que as outras pessoas acham é apenas o que elas acham(apesar de algumas "terem certeza"), e muitas vezes acham semelhante.

    ResponderExcluir
  3. Obs.: É apenas o que eu acho. =P

    ResponderExcluir