terça-feira, 23 de março de 2010

Andy Warhol

Poucos artistas conseguiram unir a sua arte com o universo pop de uma forma eficiente assim. Aliás, ele é lembrado como o pai da "pop art". Andy tem uma mostra de seu trabalho na Pinacoteca de São Paulo, que recebe a exposição  “Andy Warhol, Mr. America” dos dias 20 de março e 23 de maio. 

Pintor, fotógrafo, diretor de cinema, agenciador de banda de rock, também criou em mídias como o cinema, fotografia e instalações, sempre com um caráter transgressor. Nas artes plásticas alcançou uma popularidade impressionante e mesmo pessoas não tão adeptas das salas de exposição são capazes de reconhecer como é o caso da série sobre Marilyn Monroe.


A exposição mostra as séries mais conhecidas do artista, como os retratos de Jackie Kennedy  e de Marilyn Monroe, além das imagens das latas de sopa Campbell. Mas espaço para as obras mais obscuras de Warhol, como a série “Death and Disaster”. Fomos brindados na realidade com uma grande exposição que conta com 170 obras de Andy Warhol, passando  por pinturas, gravuras, fotos, instalações e filmes.

Vale lembrar que o preço está bem popular. R$6,00 a inteira e R$3,00 meia entrada, com entrada grátis aos sábados. 




Essa é uma de suas últimas obras. Um óleo monumental, de 2,74m.

Muitas vezes noto que não gosto das coisas populares, mas daí aparecem os Andy, Beatles e outros artistas extremamente "pop" e que adoro. Daí, noto que gosto de identidade. 


É apenas o que eu acho...

2 comentários:

  1. Andy era um artista fantárdigo mesmo. Inveja de não estar em SP.

    Paula Martins

    ResponderExcluir
  2. que maximo isso! *-*

    carol*

    ResponderExcluir